Sexta, 18 de Setembro de 2020 20:11
Dúvidas pelo seguinte e-mail
Especiais 480 ANOS

SÃO LUÍS: VARIAÇÕES LÍRICAS A PARTIR DE UMA ABERTURA DE PROGRAMA DE REGGAE

Vídeo espetacular dentro das homenagens aos 408 anos de São Luís-MA

06/09/2020 12h29 Atualizada há 2 semanas
206
Por: Mhario Lincoln Fonte: ML
Foto do vídeo.
Foto do vídeo.

 

 Um Vídeo, obra-prima, em homenagem a Cidade de São Luís-Ma, nesta semana em que completa 408 anos de Fundação.

 SÃO LUÍS: VARIAÇÕES LÍRICAS A PARTIR DE UMA ABERTURA DE PROGRAMA DE REGGAE

 

(*) Mhario Lincoln

Há muito tempo não via algo diferente do usual. Com foco diferente. Com maturidade indiscutível. Com o uso da imagem e do som. Uma edição primorosa, paleta de cores única, ritmo harmônico, na passagem das fotos, formando esse universo secular de uma cidade banhada pelo sangue francês, holandês e português, deixada sob as forças negativas da ‘cerca’ bravia das águas da baia de São Marcos. Todavia, pela arte, somente pela boa arte, se conseguiu ver o que realmente acontece na cidade quatrocentenária, após seus belos dias de glória. Uma visão perfeita da atualidade, sem necessidade de choro, nem vela, mas rigorosa em seu conteúdo e em sua leitura, mostrando detalhes dantes pouco vistos, em produções audiovisuais desse nível.

Sem dúvida, um dos mais bonitos trabalhos em homenagem a São Luís do Maranhão, trazendo artistas dos mais aplaudidos como o poeta CELSO BORGES, o músico MICHAEL RILEY (letra e música), e a voz CLAUDIO LIMA (voz) e com uma produção musical belíssima de EDUARDO PATRÍCIO e JOÃO SIMAS. Toda essa estrutura banhada poeticamente com fotos emotivas e livres, captadas pelas lentes de monstros sagrados da fotografia artística: ALEX SOARES, ANDRÉ LUCAP, ANDRESSA ZUPRANO, CLAUDIO LIMA, EDGAR ROCHA, ERALDO COIMBRA, INGRID BARROS, JOEDSON SILVA, MÁRCIO VASCONDELOS, PERTA BERWANGER E VICENTE MARTINS. 

Destaco, aqui, rever pessoas que acompanho de longe, mas extremamente premiadas no que fazem: Eduardo Patrício, Celso Borges, Cláudio Lima, Edgard Rocha e Márcio Vasconcelos.

Com eles, convivi, não tão de perto, mas com suas imortais obras espalhadas pelos quatro cantos do Mundo, cuja integração à arte de todos os artistas que encantam a tela, fizeram com esse belo audiovisual, um divisor de águas e a marca indelével destes 408 anos de São Luís do Maranhão. Parabéns.

Destaque especial para a edição e montagem de Claudio Lima.

 

Vídeo/Youtube.com.

 

 

Clique aqui e assista ao vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=W_t3Xynd0dg

3 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias