Sexta, 18 de Setembro de 2020 20:18
Dúvidas pelo seguinte e-mail
Geral UMBANDA

ARTIGOS RELIGIOSOS AFRO-BRASILEIROS SÃO ENTREGUES À MUSEU

Mhario Lincoln pede

12/08/2020 18h38 Atualizada há 1 mês
84
Por: Mhario Lincoln Fonte: AH/BBC/Mhario Lincoln
Mhario Lincoln com Mãe Nonata. Veja após a matéria.
Mhario Lincoln com Mãe Nonata. Veja após a matéria.
Foto: MARCO ANTÔNIO TEOBALDO/BBB.com

ARTIGOS RELIGIOSOS AFRO-BRASILEIROS APREENDIDOS PELO ESTADO SÃO ENTREGUES À MUSEU

Retiradas de terreiros de umbanda e candomblé há 130 anos, as peças devem ser finalmente expostas no Museu da República

 

Textos escolhidos: PAMELA MALVA (AH). 

 

Após anos guardadas no Museu da Polícia Civil, mais de 200 peças de religiões de matriz africana devem voltar a ser expostas no Museu da República, na cidade do Rio de Janeiro. 

Todos os itens foram apreendidos pelo Estado brasileiro durante a Primeira República e a Era Vargas, entre 1889 e 1945. Na época, as peças religiosas foram consideradas como parte da "prática do espiritismo, da magia e seus sortilégios".

Dessa forma, cada um dos símbolos afro-brasileiros foram removidos de terreiros de umbanda e candomblé, sempre com respaldo do Código Penal Brasileiro de 1890. Agora, a decisão da Polícia Civil, com mediação do Ministério Público Federal, devolve os importantes artefatos ao público, expondo-os no museu carioca.

 =====================================================================                                                                                                           

Mhario Lincoln e Mãe Nonata.

 

 

 

Nota do Editor: O Jornalista Mhario Lincoln em longa entrevista com a Mãe de Santo Nonata, com terreiro situado no Cohatrac,em São Luís-Ma, ano de 2010, pede "Paz o Mundo". Nesse trechinho, a prece de Mãe Nonata e o Pedido de Paz ao Mundo. Interessante. Siga o link: 

https://www.youtube.com/watch?v=SDWoS59VOnc&feature=youtu.be

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias