Domingo, 09 de Agosto de 2020
Dúvidas pelo seguinte e-mail
Mundo JESUS NEGRO

IGREJA DO REINO UNIDO REABRE COM PINTURA DE JESUS NEGRO

Quadro convida as pessoas a “olharem com olhos renovados para algo que você pensa que já conhece”

04/07/2020 20h26
166
Por: Mhario Lincoln Fonte: FABIO PREVIDELLI
Pintura exposta na Catedral de St. Albans / Divulgação/Lorna May Wadsworth
Pintura exposta na Catedral de St. Albans / Divulgação/Lorna May Wadsworth

IGREJA DO REINO UNIDO REABRE COM PINTURA DE JESUS NEGRO

Apoiadores do movimento Black Lives Matter, responsáveis pela Catedral dizem que quadro convida as pessoas a “olharem com olhos renovados para algo que você pensa que já conhece”

 

Jesus Negro.

Melhores textos:

escolhido: FABIO PREVIDELLI 

Quadro de Jesus Negro pintado por Lorna May Wadsworth - Divulgação/St. Albans Cathedral

No Reino Unido, em um ato descrito por ativistas como uma “declaração ousada”, uma pintura da Santa Ceia mostrando um Jesus negro foi colocado em uma catedral. Pintada pela artista Lorna May Wadsworth, o quadro foi instalado no Altar dos Perseguidores, situado na ala norte da Catedral de St. Albans — que fica a cerca de 35 quilômetros de Londres.

Segundo a BBC, a igreja afirmou que a atitude foi tomada em “apoio ao movimento Black Lives Matters” (Vidas Negras Importam), que reuniu mais de mil pessoas na cidade. A pintura original, de 2010, já havia sido alvejada por um tiro quando foi exibida pela primeira vez em uma igreja de Gloucestershire.

Apoiadores locais do movimento disseram que o quadro gerou uma controversa mais ampla entre a comunidade. Segundo a artista, ela utilizou um modelo jamaicano como base para sua releitura da obra de Leonardo da Vinci, do século 15. A artista garante que fez tudo isso com o intuito de "fazer as pessoas questionarem o mito ocidental de que Jesus Cristo tinha cabelo claro e olhos azuis”.

Os responsáveis pelo espaço disseram que a pintura marca a reabertura do local e convida as pessoas a “olharem com olhos renovados para algo que você pensa que já conhece”. Em nota oficial, a Catedral declarou: "Nós apoiamos o movimento Black Lives Matter como aliados em prol da mudança, construindo uma comunidade forte e justa onde a dignidade de todos os seres humanos é honrada e celebrada, onde as vozes pretas são ouvidas, e onde vidas negras importam”.

 

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias