Terça, 14 de Julho de 2020
Dúvidas pelo seguinte e-mail
Brasil COMENDA

ANTÔNIO NOBERTO recebe a Comenda CHARLIE CHAPLIN, concedida pela Academia Poética Brasileira

Pelo conjunto da bela obra, no Maranhão

15/06/2020 14h29 Atualizada há 4 semanas
419
Por: Mhario Lincoln Fonte: ML
Antônio Noberto
Antônio Noberto

 

 

Comenda Charlie Chaplin

A Academia Poética Brasileira, por seus diretores, CONCEDE ao professor Antônio Noberto a Comenda CHARLIE CHAPLIN pelo conjunto da obra que vem realizando no Maranhão - a pro - do desenvolvimento turístico do Estado e pelo resgate louvável da verdadeira história de São Luís do Maranhão.

Quem é Antonio Noberto?

Antonio Noberto nasceu em 1970 na cidade de Pentecoste/CE. Aos sete anos migrou com a família para o Maranhão. É turismólogo, palestrante e escritor. Membro fundador e ex-presidente da Academia Ludovicense de Letras (ALL) de São Luís/MA, sócio-efetivo do Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão (IHGM), membro da Luminescense Academie Française (do Vale do Loire, Fr); membro da Academia Vargemgrandense de Letras e Artes (AVLA); membro da União Brasileira de Escritores (UBE). Idealizador e curador da exposição França Equinocial para sempre, trabalho que mostra o início da colonização de São Luís, do Maranhão e do Brasil setentrional, em cartaz no Centro Histórico de São Luís. Em 2019, na cidade de Búzios/RJ recebeu o Prêmio Monteiro Lobato, categoria Melhores pesquisadores do Brasil; no início de 2020 recebeu certificação internacional de uma academia europeia que o reconheceu como melhor pesquisador do Brasil. Noberto é agente e assessor de comunicação da PRF no estado do Maranhão, ex-presidente da Associação Brasileira dos Bacharéis de Turismo – ABBTUR/MA; membro do Conselho da Cruz Vermelha Brasileira; membro findafor do Conselho Comunitário de Defesa Social da zona rural de São Luís e membro do Conselho do CEPROMAR.

Em 2019, o livro FRANÇA EQUINOCIAL do historiador Antônio Noberto foi lançado cidade de Berthegon, no Poitou, berço do fundador de São Luís, o navegador francês Daniel de la Touche de la Ravardière. 

Antonio Noberto é recebido pela prefeita de Berthegon/França. 

No dia 26 de outubro de 2019, chegamos em comitiva de seis pessoas na pequenina cidade de Berthegon, no Poitou, berço do fundador de São Luís, o navegador francês Daniel de la Touche de la Ravardière. Nossa equipe era formada por mim, Antonio Noberto, representando a Academia Ludovicense de Letras de São Luís, acompanhado da minha esposa Aline Vasconcelos, da minha filha Alana e da minha irmã Helena Noberto. Nós quatro fizemos uma viagem de 1.500 quilômetros, dirigindo de Lisboa, Portugal, até Berthegon, no coração da França. Presentes também o nosso amigo organizador do evento, o ator francês Jean Marie Collin, e a Esposa dele, a maranhense Margareth. Eles moram na Bretanha, a 300 quilômetros dali e estavam no Poitou há dois dias, ajudando nos preparativos da nossa palestra.

Quando entramos na cidade ficamos surpresos com os vários cartazes anunciando o evento do dia seguinte, que incluía uma apresentação de Antonio Noberto sobre La Touche e a relação histórica França Maranhão iniciada por ele no início do século XVII. Antes do evento, uma visita a lugares históricos a pequenina cidade, guiada pela prefeita Bernardete Cottier. Primeiro as dependências da prefeitura, e em seguida, à igreja católica, onde se encontra na parte superior da eclésia o brasão da família La Tousche (originalmente possuía um “s” no meio). De volta ao salão de eventos da prefeitura, realizei a entrega de presentes à Madame Cottier, sendo souvenires de bumba-meu-boi e camisas que retratam um pouco da cultura maranhense. Em seguida, na presença do meu anfitrião na França, o amigo ator Jean Marie Collin, e de um ex-prefeito daquela cidade, entreguei uma coleção de mapas e imagens que retratam um pouco a França Equinocial. O objetivo é que a localidade dê início a um acervo sobre a relação histórica entre as duas cidades co-irmãs.

A palestra

Foi ministrada em francês, vez que o público majoritariamente era poitevin (pronuncia -se poatevan). Primeiramente apresentei as 12 imagens que doei à prefeitura, todas com tamanho médio de 0,90m X 0,75m, e autocolantes. Imagens com os índios da França Equinocial (de Uçaguaba (Vinhais Velho, em São Luís), Mucuripe (Fortaleza/CE) Caieté (Bragança/PA), levados para prestar honras a Luís XIII. Três nativos faleceram em Paris e três retornaram. Entregamos também um exemplar do mapa São Luís antes da fundação, que retrata a presença gaulesa desde o final dos anos mil e quinhentos na Ilha Grande. Ofertamos uma cópia do mapa da França Equinocial, de autoria de Terciano Torres e Antonio Noberto. Apresentamos o pavilhão da França Equinocial, doado pela rainha regente Maria de Médice e tantos outros.

Frisamos a importância da minúscula cidade de Berthegon está associada a fundação de São Luís, uma cidade de mais de um milhão de habitantes. Após 50 minutos de uma viagem no tempo, abrimos para as perguntas. E ao final, vários bate papos com os moradores da cidade e de arredores.

 

Assista, a seguir, último vídeo de resgate de parte da história de São Luís do Maranhão:

https://www.youtube.com/watch?v=-unFIglRj3E&feature=youtu.be

 

12 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Curitiba - PR
Atualizado às 02h06 - Fonte: Climatempo
14°
Muitas nuvens

Mín. 11° Máx. 16°

14° Sensação
6 km/h Vento
94% Umidade do ar
20% (2mm) Chance de chuva
Amanhã (15/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 10° Máx. 15°

Sol com muitas nuvens
Quinta (16/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. Máx. 19°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias