Sábado, 11 de Julho de 2020
Dúvidas pelo seguinte e-mail
Brasil Para meditar

Verdade e Ilusão, de SOHAM Jñana

convidado especial

25/05/2020 20h56
60
Por: Mhario Lincoln
SOHAM Jñana
SOHAM Jñana

Verdade e Ilusão

(*) SOHAM Jñana 

 

Não há como hesitar entre a Verdade e a ilusão, entre o propósito da Alma e o mundo.

Hesitar é não perceber, e não perceber é não estar pronto.

Nem há sequer a desculpa de não se saber o que escolher. Não saber já é um saber, saber que não é uma coisa nem outra.

O propósito de sua Alma não é uma coisa que se segue e depois se deixa, e se segue de novo, não é um yoyo.

No caminho do descaminho que leva ao Pai, não se pode olhar para trás, pois Deus não é algo que fica para trás, é algo que está sempre à nossa frente, é o nosso horizonte.

Esse caminho é um caminho de desapego (não de completude) é um caminho de entrega, não de realização de desejos.

Por isso, o rabino Yeshua HaNazir advertia: Que teu sim seja sim e teu não seja não, tudo o que demais se acrescentar é do maligno (ou seja, da ilusão da separação).

SOHAM Jñana

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias