Domingo, 07 de Junho de 2020
Dúvidas pelo seguinte e-mail
Brasil Belle Époque

Denner, disse: entre as elegantes, chiques e bem vestidas, "criei a Mulher-Luxo"

Clique aqui e delicie-se com fotos da Belle Époque. Lembra de Maria Thereza Goulart?

21/04/2020 13h20 Atualizada há 1 mês
54
Por: Mhario Lincoln Fonte: Neide Dickinson/Fotos recuperadas do texto.
Ícone da moda brasileira, Dener marcou a Belle Époque
Ícone da moda brasileira, Dener marcou a Belle Époque

- Dener tinha como cliente e amiga, a atriz hollywoodiana Vivian Leigh ( a protagonista do filme " E o vento levou ") . Certa vez ela veio ao Brasil fazer uma visita à residência dele. Nessa visita ela levou vários vestidos!

 

 

Na foto, com a Primeira Dama, Maria Thereza Goulart. (Divulgação)

 

 

 

 

 

 

Algo mais sobre Dener :

- Dener ajudou na organização da primeira Fenit, em 1958.

-Dener promovia várias festas na casa dele. Era um costureiro mais importante do que as mulheres que ele vestia.

- Dener ganhou vários prêmios nacionais e internacionais. Foi capa dos jornais e revistas mais importantes do país. Entre seus amigos e clientes estava gente da sociedade, políticos, atores, músicos, poetas, banqueiros, artistas ...

- Dener usava temas , materiais e inspirações brasileiras em sua alta-costura, fazendo o antes cafona verde-amarelo virar super chique !

" Há uma diferença grande entre mulher bem vestida, mulher chique e mulher elegante. Agora criei uma nova categoria : a mulher luxo ! "

" ... o mais chato, o mais esnobe, o mais culto, o mais industrial, o mais besta, pois na verdade sou tudo isso ... " 

No ateliê cercado de moda
No ateliê, cercado de moda por todos os lados

 

 

" Eu gosto de gente, de pessoas, mas acho multidão sempre cafona. Multidão só é boa quando aplaude "

" A mulher cafona é sempre espalhafatosa, gosta de mostrar o que ela não sabe que deveria esconder "

" Eu gosto de gente, de pessoas, mas acho multidão sempre cafona. Multidão só é boa quando aplaude "

" A mulher cafona é sempre espalhafatosa, gosta de mostrar o que ela não sabe que deveria esconder "

 

Com seu arqui-inimigo Clodovil Hernandez
Com seu arqui-inimigo, Clodovil Hernandez

 

 

Referências :

Revista Senac ( 1999)

Internet

 

 

 

Comentário, abaixo de Graça Aranha. A partir dele, fomos buscar o livro:  

Em 1972, já em declínio, ele lançou sua autobiografia “Dener – O Luxo”, relançada em edição especial pela Cosac Naify em 2007. Nela, é possível sentir a afetação do estilista, que mistura ficção e realidade para contar sua história. Esse foi um dos últimos atos de autopromoção do designer. No fim da década, em 1978, Dener optou pelo exílio. Com pouco dinheiro e desgostoso com os rumos da moda no país, ele acabou se rendendo ao vício em álcool e morreu em 09 de novembro.

 

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias