Quinta, 04 de Junho de 2020
Dúvidas pelo seguinte e-mail
Especiais SEMANA SANTA

O espetáculo PAIXÃO, SEGUNDO NÓS, mostra o dilema existencial de Pilatos e a plenitude do Pai, diante das tentações de Cristo, no deserto.

A peça foi idealizada e dirigida por Tácito Borralho com traços do Evangelho Bíblico, Evangelhos Apócrifos e poética de Khalil Gibran

10/04/2020 12h31
68
Por: Mhario Lincoln Fonte: ML/Uimar Junior
Domingos Tourinho, como Pilatos
Domingos Tourinho, como Pilatos

 

PANDEMÔNIO?

Neste ano, em razão da Pandemia, não houve pauta para a

 reapresentação do espetáculo “Paixão Segundo Nós”, da Coteatro, viva há 30 anos, desde as primeiras apresentações na Igreja do Desterro, tradicional ícone regional na cidade de São Luís-MA. 

 

Na última montagem, no entretanto, Tácito Borralho, diretor e idealizador,  apresentou a versão com texto abordando a tentação de Cristo no deserto, através da sedução de Satanás em duas formas e matérias únicas, o macho e a fêmea, como relatam os Evangelhos Apócrifos. A nova versão permite, assim, uma interpretação poética das figuras expostas, revelam o caráter humano e frágil da resistência do Cristo sendo sobrepujado pela vontade divina.

 

Todo roteiro foi adaptado dos textos de Gilbran Khalil Gilbran, do Evangelho Segundo São Matheus e Evangelhos Apócrifos.

No elenco da última montagem estavam: David Lopes, Carlos Eduardo Marques, Domingos Tourinho, Magno Abreu, Bruno Oliveira, Jorge Milton, Rogério Vaz, Raimundo Reis, James Loureiro, Lúcia Gato, Lilian Cutrim, Rosana Fernandes, Ivoni Araújo, Tatiana Sampaio, Elaine Melônio e Luana Lopes. Roberto Fróes assina a trilha sonora do espetáculo e Abel Lopes e Murilo Santos a iluminação.

Portanto, valeu à pena relembrar um dos espatáculos mais incônicos da história dos palcos do Maranhão.

(ML).

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias